Antenas misteriosas que apareceram em montanha mineravam criptomoedas

1 year ago 71

Autoridades americanas removeram diversos equipamentos de mineração localizados em locais remotos, como em cumes de montanhas, durante a primeira semana de 2023.

Para a KSL-TV, mídia local que cobriu o evento, tais torres eram um mistério, embora sua quantidade fosse cada vez maior. Em seu conjunto, era possível encontrar um painel solar, uma antena e uma bateria.

 Michael Locklear/KSL-TV.Autoridades removendo equipamentos de mineração localizados em topo de montanha. Fonte: Michael Locklear/KSL-TV.

No entanto, entusiastas rapidamente desvendaram este mistério. Segundo a comunidade, tais equipamentos são utilizados para minerar uma criptomoeda que utiliza Prova de Cobertura (Proof-of-Coverage). Ou seja, a instalação destas torres em locais remotos garantia uma maior receita ao minerador.

Escalada demorou mais de uma hora

Em conversa com a VICE, Tyler Fonarow afirmou que os equipamentos surgiram há cerca de um ano e os casos aumentaram ao longo dos meses. No entanto, o gerente de trilhas recreativas de Salt Lake City, cidade americana aonde as torres foram encontradas, contou que eles não tinham capacidade para investigá-las de imediato.

Seguindo, Fonarow explica que o minerador pode ter levado mais de uma hora para escalar a montanha tomada por gelo, dando enfase ao peso do equipamento.

“Uma pessoa pode fazer isso, mas seriam necessárias duas viagens, a menos que ela fosse realmente forte.”

“Os três componentes principais são uma mala do tamanho de uma caixa de plástico resistente para o equipamento elétrico da bateria e do roteador. Cerca de 22 a 27 kg”, continuou Fonarow. “E então há duas antenas, de 1,2 a 1,8 metro… e o painel solar, com cerca de 90 cm a 1,2 m. Seria uma coisa muito difícil de fazer sozinho.”

Obviamente o motivo da remoção de tais torres não foi a mineração, mas sim a instalação dos equipamentos sem permissão no local. Afinal, a própria KSL-TV, primeira a noticiar a remoção, estava tratando tais torres como um mistério, até que a comunidade decifrou o enigma.

Criptomoeda minerada usava sistema incomum de “prova de cobertura”

Como pode ser visto, as torrem não possuem placas de vídeo ou ASICs em sua composição, tornando difícil para um leigo identificar seu propósito. No entanto, após Michael Locklear, repórter da KSL-TV, apresentar as imagens no Twitter, entusiastas rapidamente entregaram respostas.

Segundo especialistas, o equipamento é utilizado para minerar Helium (HNT). Enquanto o Bitcoin utiliza Prova de Trabalho, por exemplo, a HNT usa um modelo de Prova de Cobertura para manter sua segurança e recompensar os mineradores.

Em outras palavras, a instalação de equipamentos em locais remotos garante rendimentos maiores, explicando a força de vontade do minerador para escalar montanhas com equipamentos tão pesados.

O grande problema (para o minerador) é que a Helium foi uma das piores criptomoedas de 2022 após fechar o ano com uma queda de 95% em seu preço. Portanto, todo esforço pode ter acabado em prejuízo para o americano que, além de sofrer com a queda da HNT, também teve suas torres confiscadas.

Por fim, embora a comunidade tenha resolvido o mistério sobre o uso destes equipamentos, ninguém ainda sabe quem é o “minerador alpinista”.

Read Entire Article