Após encontro do G20, Haddad e Campos Neto se reúnem em São Paulo

1 month ago 75

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), e o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, se reunirão nesta sexta-feira (1º), em São Paulo (SP). O encontro foi confirmado pelas assessorias da pasta e da autoridade monetária e consta das respectivas agendas oficiais.

Haddad receberá Campos Neto no escritório do Ministério da Fazenda na capital paulista. A pasta não informou o que será discutido na reunião. Segundo o BC, os dois tratarão de “assuntos governamentais”.

Nesta semana, Haddad e Campos Neto representaram o Brasil na reunião ministerial da Trilha das Finanças do G20 (grupo formado pelas 19 maiores economias do mundo, mais a União Europeia e a União Africana).

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

Jaqueta XP NFL

Garanta em 3 passos a sua jaqueta e vista a emoção do futebol americano

O encontro dos ministros das Finanças dos integrantes do bloco fez parte da agenda da presidência brasileira do G20 e aconteceu no Pavilhão da Bienal, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. Haddad e Campos Neto participaram da abertura do evento, na quarta-feira (28).

Na quinta-feira (29), o ministro da Fazenda voltou a colocar em pauta a proposta de tributação global dos “super-ricos”, que já havia defendido enfaticamente na véspera. Haddad subiu o tom e afirmou que a comunidade internacional deveria se debruçar sobre um projeto de tributação “justa e progressiva” para os mais ricos.

“Vindo de um processo bem-sucedido de reforma tributária no Brasil, tenho certeza de que há muito que os países podem fazer por si mesmos. No entanto, soluções efetivas para que os super-ricos paguem sua justa contribuição em impostos dependem de cooperação internacional”, disse Haddad.

Continua depois da publicidade

Em seu discurso no dia anterior, Campos Neto destacou a atuação do BC para reduzir a inflação no Brasil, mas ressaltou que “o processo ainda não acabou” e que ainda havia “trabalho a ser feito”.

O encontro do G20 terminou sem que os países-membros chegassem a um consenso em torno de um comunicado conjunto, em meio a divisões em temas como guerras e conflitos geopolíticos em andamento.

CMN e Febraban

Além da conversa entre ambos, marcada para as 11 horas, Haddad e Campos Neto devem participar, nesta sexta, de uma reunião extraordinária do Conselho Monetário Nacional (CNM), por videoconferência.

O CNM é composto por Haddad, Campos Neto e pela ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet. A reunião está programada para as 15h30.

Antes da reunião com Haddad, o presidente do BC terá um encontro com representantes da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e de instituições financeiras para tratar de “assuntos institucionais”.

Receba no seu e-mail logo pela manhã as notícias que vão mexer com os mercados, com os seus investimentos e o seu bolso durante o dia

Read Entire Article