Bilionário aponta quais criptomoedas devem decolar com a evolução das IAs

10 months ago 66

Arthur Hayes, fundador da corretora BitMex, está confiante de que as Inteligências Artificiais (IAs) dominarão os mercados em breve. Em longo texto de 18 minutos de leitura, publicado nesta quinta-feira (27), o bilionário fez previsões e recomendou criptomoedas que podem decolar.

Seu artigo é uma continuação de outro texto publicado no início do mês, chamado “Massa”. Na ocasião, Hayes defendeu que o Bitcoin seria a criptomoeda escolhida e usada por IAs.

No entanto, agora o bilionário citou outros projetos que se beneficiarão com a evolução das IAs, que poderão dominar o mercado por serem mais eficientes do que os modelos atuais.

A teoria de Arthur Hayes sobre Inteligência Artificial e criptomoedas

Como exemplo de sua tese, Arthur Hayes citou a “PoetAI”, um projeto que NÃO existe, para mostrar como as Inteligências Artificiais poderão usar as criptomoedas em seu dia-a-dia.

Em suma, a PoetAI usaria criptomoedas para comprar poesias (e mais tarde, romances) e assim aumentar a sua base de dados. Mais tarde, a IA começaria a criar os seus próprios textos, que seriam vendidos.

Para dividir o lucro desses textos, a PoetAI criaria seu próprio token, o POET (nome fictício), também dando início a uma Organização Autônoma Descentralizada (DAO), o que reduziria gastos em disputas.

A partir daqui, Hayes começa a defender o Ethereum (ETH) como principal oportunidade de investimento. Embora existam opções mais baratas, em taxas, o bilionário acredita que o Ethereum será a rede que abrigará tais transações.

“Em vez de escolher uma jurisdição, a PoetAI escolheria a blockchain pública na qual deseja implantar sua DAO”, disse Arthur Hayes, apontando que a IA escolheria o Ethereum. “Sou um pouco maximalista de ETH quando se trata de precisar de utilidade real em uma [blockchain de] primeira-camada.”

“Embora os investidores possam ganhar dinheiro negociando o mais recente clone do Ethereum, nenhum deles jamais ofuscará o Ethereum em termos de adoção e utilidade. Sam Bankman-Fried pode me ligar a cobrar em seu telefone da SOL (Solana) se ele discordar.”

IAs usarão corretoras descentralizadas, afirma Hayes

Com o token da PoetAI pronto, ele precisará de uma corretora para ser negociado. Segundo Hayes, a Inteligência Artificial facilmente escolheria uma descentralizada. Portanto, aqui entra mais uma opção de investimento.

Novamente usando um nome fictício, o bilionário chama a corretora de Enron (nome de uma empresa de energia dos EUA que faliu em 2000 e John J. Ray III assumiu o comando) para explicar seu pensamento.

“Os tokens de governança emitidos pela [corretora descentralizada] Enron DEX são chamados de LAY (nome fictício)”, explica Hayes. “Os detentores dos tokens LAY recebem uma parte de todas as taxas de negociação e decidem as regras da corretora.”

Outro projeto interconectado seria a Anderson Finance (nome fictício), também com seu próprio token, o FRAUD (nome fictício), fornecendo serviços intermediários de contabilidade de forma descentralizada em troca de seus tokens.

“Enron DEX, Anderson Finance e PoetAI DAO estão todos interagindo de forma autônoma em uma blockchain pública sem qualquer interferência humana.”

Finalizando, o bilionário nota que hoje o setor tradicional está limitado: pessoas precisam ler PDFs, são suscetíveis a erros, cometem fraudes e só trabalham de segunda a sexta, das 9h às 17h. Ou seja, o setor de DeFi (finanças descentralizadas) somado à IA (Inteligência Artificial) em breve substituirá às finanças tradicionais (TradFi).

Quais as oportunidades vistas por Arthur Hayes?

Em suma, o fundador da BitMex resume sua tese em três pontos. Além de citar o Ethereum como principal beneficiado pela mudança, também aponta que tokens de governança de corretoras descentralizadas também possuem potencial. Por fim, outros intermediários seriam a terceira oportunidade.

  1. As transações Ethereum crescerão exponencialmente à medida que as DAOs proliferam. Como resultado, o preço do ETH deve disparar em antecipação caso essa hipótese sobre DAOs de IA seja amplamente aceita.
  2. Haverá um punhado de DEXs (corretoras descentralizadas) com monopólios naturais sobre a negociação de tipos específicos de tokens. Identificar essas DEXs e comprar seus tokens de governança produzirá grandes lucros.
  3. Camadas de middleware (software intermediário) que ajudam a visualizar as contas das DAOs de IA serão criadas e serão essenciais para o bom funcionamento dos mercados de capitais de DAOs de IA.

Por fim, embora o cenário pareça muito futurístico, a palavra a ser notada nos trechos acima é “antecipação”. Afinal, é assim que investidores ganham dinheiro, prevendo qual será a próxima grande tendência do mercado. O texto completo pode ser encontrado, em inglês, em seu blog pessoal.

Read Entire Article