Binance entra em Associação global pró-sanções

1 year ago 94

A Binance anunciou nesta sexta, 06, que ingressou na Association of Certified Sanctions Specialists (ACSS), a única organização mundial que reúne profissionais de compliance de sanções. A Binance é a primeira exchange de criptomoedas a ingressar formalmente na associação que foi criada em 2008.

Segundo informou a exchange sua entrada na ACSS tem como objetivo acessar o material educacional e de treinamento das empresa além dos bancos de dados abrangentes e redes profundas dentro da ACSS, “para aprimorar ainda mais as habilidades e conhecimentos da equipe”.

“A indústria de blockchain ainda está em seus primeiros anos e é nossa prioridade continuar mantendo o mais alto nível de conformidade em meio a um espaço em rápida evolução”, disse Chagri Poyraz, chefe global de sanções da Binance.

A exchange informou ainda que todos os profissionais de compliance da equipe de sanções, bem como ligados a relatórios de lavagem de dinheiro, operações de compliance e líderes de investigações especiais dentro da Binance serão obrigados a passar por treinamento com a ACSS como parte do processo de certificação.

Sanções

As sessões de treinamento obrigatórias serão essenciais para equipar a equipe de sanções da Binance com as diretrizes mais recentes da OFAC sobre o desenvolvimento de programas de compliance de sanções.

De acordo com o comunicado, o ACSS também ajudará a garantir que a equipe acompanhe os decretos de sanções e entenda os riscos de violações em várias jurisdições.

“Ao trabalhar em estreita colaboração com o ACSS, levaremos nossos padrões de conformidade de sanções a um nível reconhecido por uma associação respeitável do setor e forneceremos oportunidades de qualificação para nossa equipe de conformidade”, reforçou Poyraz.

Em 2022, a equipe de compliance da Binance cresceu de 500 para 750 pessoas e a empresa conseguiu licenças regulatórias, registros e aprovações em um total de 14 jurisdições até o momento, incluindo França , Espanha , Bahrein , Dubai e Austrália.

Read Entire Article