Bitcoin desafia altas semanais enquanto traders observam potencial alta do preço do BTC até US$ 17,3 mil

1 year ago 118

O Bitcoin (BTC) se aproximou de US$ 17.000 em 3 de janeiro, quando a abertura do primeiro pregão de Wall Street em 2023 se aproximava.

Gráfico de 1 hora BTC/USD (Bitstamp). Fonte: TradingView

Consenso sobre novo ataque a US$ 17.000 aumenta

Dados do Cointelegraph Markets Pro e da TradingView mostraram que o par BTC/USD atingiu máximas de US$ 16.766 na Bitstamp em seu melhor desempenho desde 27 de dezembro.

Analistas e traders aguardavam ansiosamente o início das negociações em Wall Street, depois que as ações europeias registraram ganhos no dia anterior e os futuros dos Estados Unidos seguiram o exemplo.

Como o Cointelegraph relatou, tanto as ações quanto o ouro pareciam consideravelmente mais atrativos do que o Bitcoin desde o colapso da FTX em novembro.

“Se o BTC finalmente estiver pronto para se juntar à festa, posso vê-lo chegar a 17,3K conforme desenhado abaixo”, escreveu o popular trader Crypto Chase em parte de sua análise publicada em 2 de janeiro.

A conta Cold Blooded Shiller também apostou em US$ 17.300 como um alvo de interesse para os touros, em particular caso o S&P 500 jogue a favor do BTC.

“Apesar de um salto em todo o mercado, o BTC ainda está abaixo da resistência chave de $ 17.300”, acrescentou Rekt Capital fazendo referência ao gráfico mensal do par BTC/USD.

Gráfico anotado BTC/USD. Fonte: Rekt Capital/ Twitter

Antes da abertura de Wall Street, o dólar apresentou volatilidade, refazendo um dia de alta rápida que levou o índice do dólar americano (DXY) a mais de 104,8 pela primeira vez desde meados de dezembro.

"Movimento local acima do semanal a partir do suporte que marquei no USD/EUR", escreveu o trader Luckshury da PA em uma atualização nesta terça-feira.

“Se puder se manter acima do semanal, eu esperaria mais alta no DXY e, portanto, uma queda de ES/Crypto. Novamente, isso se baseia em manter esse nível semanal como suporte. ”
Gráfico de 1 hora do índice do dólar (DXY). Fonte: TradingView

BTC evita tensões crescentes do DCG

Enquanto isso, os eventos internos ao mercadoo cripto tiveram visivelmente pouco impacto na ação de preço do BTC, especialmente as preocupações sobre os problemas do Digital Currency Group (DCG).

Em meio a dúvidas permanentes sobre o destino das empresas do conglomerado, incluindo a Grayscale, operadora do maior veículo de investimento institucional em Bitcoin, o Grayscale Bitcoin Trust (GBTC), um cliente em particular criticou publicamente o DCG.

Em uma carta aberta ao CEO do DCG, Bary Silbert, Carmeron Winklevoss, cofundador da exchange Gemini, exigiu respostas.

Os fundos da Gemini bloqueados desde que o desastre da FTX começou totalizam quase US$ 1 bilhão, afirmou Winklevoss, reafirmando a necessidade de que o DCG cumpra um prazo estipulado em 8 de janeiro para "resolver esse problema."

Silbert, normalmente bastante ativo nas redes sociais, ainda não havia respondido à carta no momento da redação deste artigo.

As visões, pensamentos e opiniões expressas aqui são exclusivas dos autores e não necessariamente refletem ou representam as visões e opiniões do Cointelegraph.

LEIA MAIS

Read Entire Article