Bitcoin deve cair 50% e depois subir 500%, diz analista da Bloomberg

10 months ago 53

Mike McGlone, analista da Bloomberg, está preocupado com o futuro do Bitcoin no curto prazo. Participando de uma conversa no casal de Scott Melker, o analista afirmou que o BTC pode cair 50%, chegando aos US$ 20.000.

Por outro lado, o analista mostrou-se otimista em relação ao longo prazo. Sua previsão é que a maior criptomoeda do mercado atinja os US$ 100.000, o que significaria uma alta de 500% em relação aos US$ 20.000.

Para cima ou para baixo, não importa, McGlone parece estar incomodado com a lateralização do Bitcoin. Citando uma possível recessão, recentemente o analista afirmou que o Bitcoin parado nos US$ 30.000 era um péssimo sinal para outros mercados.

Mike McGlone, um pessimista otimista

O Bitcoin completou um dos melhores semestres de sua história, saltando 84,3% enquanto apresentava cinco meses de lucros. No entanto, o segundo semestre de 2023 pode ser um desafio.

Restando menos de uma semana para o final de julho, o Bitcoin está com uma baixa de 4%. Mais importante do que isso, os ursos conseguiram derrubá-lo para fora da zona em que se manteve por 32 dias.

Para Mike McGlone, analista da Bloomberg, o Bitcoin deve cair ainda mais. Seu alvo está nos US$ 20.000, uma queda de 50%, mas isso é apenas para o curto prazo.

“Lembre-se, eu disse que o Bitcoin chegará a US$ 100.000 quando ele estava sendo negociado abaixo dos US$ 20.000”, disse McGlone. “Ainda continuo com [essa previsão] no longo prazo, mas acho que é mais provável cair 50% e descer para US$ 20.000, até mesmo fazer uma nova baixa, antes de seguir essa trajetória.”

Seguindo, o analista destaca que o Fed ainda está firme em seu aperto monetário, o que acaba pressionando todos os mercados. Segundo previsões, o BC americano voltará a aumentar os juros nesta quarta-feira (26).

ETF do Bitcoin é um ópio, diz analista da Bloomberg

Em outro trecho da conversa, Mike McGlone destaca que os pedidos de ETF trouxeram ânimo ao mercado. No entanto, aponta que outros investimentos podem estar roubando uma fatia que antes pertencia ao Bitcoin.

“O Bitcoin é ótimo, tem todos esses ETFs chegando, é como um ópio”, comentou o analista da Bloomberg. “Mas o desempenho real em relação a NASDAQ, que tem IA e tudo a seu favor, vejo isso como se estivesse desapontado e acho que ainda é o problema.”

“Sinto tanto otimismo, mas ainda assim o [cenário] macro é muito desfavorável, o FED ainda está [pressionando os mercados].”

Em outras palavras, McGlone acredita que investidores estão com pouco dinheiro e, ao mesmo tempo, estão com boas e novas oportunidades de investimento. De qualquer forma, parece coerente seguir acumulando satoshis até que o BTC chegue aos US$ 100.000 previstos pelo analista.

A conversa, em inglês, pode ser assistida na íntegra abaixo.

Read Entire Article