Boletim Focus estima IPCA maior pela 4ª semana seguida; veja projeções

1 year ago 79
Mercado

O Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (9), mostra pela quarta vez projeções mais elevadas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2023, estimando 5,36% de inflação no acumulado do ano.

Na semana anterior, as projeções de IPCA do Boletim Focus estimavam uma inflação de 5,31%. Já há quatro semanas, as projeções eram de 5,08%.

Vale lembrar que essa mudança se dá após a divulgação dos dados oficiais de inflação na semana anterior.

Já as projeções da Selic para 2023 ficam em 12,25%, abaixo dos 13,75% da taxa atual, após a manutenção feita pelo Comitê de Política Monetária (Copom).

O dólar tem projeções de R$ 5,28, acima das projeções da semana anterior, em R$ 5,27.

Já as estimativas para o Produto Interno Bruto (PIB) caíram, e agora são de 0,78%. Na semana anterior, o mercado financeiro estimava um PIB de 0,8%.

Resumo do Boletim Focus

Veja, em detalhes, as projeções mais importantes para 2022 e 2023:

2023

  • PIB: a projeção caiu para 0,78%
  • IPCA: a projeção subiu para 5,36%
  • Taxa Selic: a previsão segue em 12,75%
  • Dólar: a previsão do câmbio subiu para R$ 5,28
  • Balança Comercial: a expectativa para o superávit caiu de US$ 58 bilhões para US$ 56,61 bilhões
  • Investimento Estrangeiro Direto: a previsão segue em US$ 80 bilhões
  • Dívida do Setor Público: a previsão segue em 61,95% PIB

2024

  • PIB: a projeção segue em 1,5%
  • IPCA: a projeção subiu para 3,7%
  • Taxa Selic: a previsão dos juros segue em 11,75%
  • Dólar: a previsão do câmbio aumentou para R$ 5,30
  • Balança Comercial: a expectativa para o superávit caiu de US$ 53 bilhões para US$ 52,40 bilhões
  • Investimento Estrangeiro Direto: a previsão segue em US$ 80 bilhões
  • Dívida do Setor Público: a previsão subiu para 64,5% do PIB

O Boletim Focus é elaborado semanalmente pelo Banco Central. São utilizadas as projeções dos especialistas das 100 principais instituições ligadas ao mercado financeiro do Brasil para juros, IPCA, câmbio, Selic e outros indicadores.

Read Entire Article