Bolsas e petróleo sobem com reabertura da China; Lula fará reunião de emergência com governadores e representantes dos Poderes

1 year ago 100

Os mercados mundiais amanhecem positivos nesta segunda-feira (9), repercutindo uma nova reabertura da economia chinesa. A China e Hong Kong retomaram as viagens sem quarentena no fim de semana, sinalizando o final da política de Covid Zero que manteve as fronteiras fechadas por quase três anos.

As cotações do petróleo também sobem forte devido a uma perspectiva de demanda por combustível impulsionada pela reabertura da fronteira da China.

Em indicadores, a semana será marcada por dados de inflação no Brasil e nos Estados Unidos, além de outros dados de atividade por aqui.

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de dezembro será divulgado amanhã (10) e o Bradesco projeta alta de 0,43% no mês na base mensal, encerrando o ano em 5,6%.

Saiba mais: As repercussões do mercado ao vivo após invasão no DF

No cenário nacional, o presidente Lula decretou na tarde de domingo (8) intervenção federal na segurança pública do Distrito Federal, após grupos de bolsonaristas golpistas invadirem o Congresso Nacional, o STF e o Palácio do Planalto.

Durante a madrugada, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o afastamento do cargo de Ibaneis Rocha (MDB), governador do Distrito Federal, por um prazo inicial de 90 dias e a desocupação, em 24 horas, dos acampamentos de apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) montados nas imediações de quartéis e outras unidades militares pelo país.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Governadores irão se reunir nesta segunda-feira (9) o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e com representantes do Supremo Tribunal Federal (STF). O encontro está previsto para às 18h.

1.Bolsas Mundiais

Estados Unidos

Os índices futuros dos EUA operam em alta nesta manhã, dando continuidade ao movimento de recuperação registrada na última sexta-feira (6), quando o relatório de emprego de dezembro sinalizou que a inflação pode estar diminuindo com a desaceleração do avanço dos salários, o que aumentou as esperanças de que os aumentos de juros do banco central americano estejam atingindo seu objetivo.

A agenda indicadores americana está movimentada, com destaque para o índice de preços ao consumidor de dezembro, que deve ser divulgado na quinta-feira, seguido pelos lucros dos grandes bancos na sexta-feira. A Pesquisa de Expectativas do Consumidor do Fed de Nova York, juntamente com os dados de crédito ao consumidor, serão divulgadas nesta segunda-feira. Investidores também estarão atentos aos comentários do presidente do Fed de Atlanta, Raphael Bostic.

Veja o desempenho dos mercados futuros:

  • Dow Jones Futuro (EUA), +0,09%
  • S&P 500 Futuro (EUA), +0,19%
  • Nasdaq Futuro (EUA), +0,25%

Ásia

Os mercados asiáticos fecharam em alta generaliza, com a China reabrindo as fronteiras com Hong Kong sem a necessidade de realização de quarentena.

Com isso, a segunda maior economia do mundo praticamente encerra a quarentena às demais regiões administrativas. No entanto, autoridades locais disseram que a reabertura deve acontecer de maneira gradual e ordeira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O índice Hang Seng, de Hong Kong, subiu 1,77%, com ações de tecnologia lideraram os ganhos ao lado de nomes de viagens e consumo. Na China, o Shanghai Composite subiu 0,58%, para 3.176 pontos.

  • Shanghai SE (China), +0,58%
  • Nikkei (Japão), +0,59%
  • Hang Seng Index (Hong Kong), +1,89%
  • Kospi (Coreia do Sul), +2,63%

Europa

Os mercados europeus iniciam a semana em alta, com otimismo renovado pela nova reabertura da economia chinesa. Hong Kong e a China retomaram viagens entre elas sem a necessidade de quarentena no fim de semana.

A produção industrial da Alemanha de dezembro avançou 0,2%, ficando ligeiramente acima do consenso de mercado. Investidores ainda repercutem a taxa de desemprego na Zona do Euro, que fechou o mês de novembro em 6,5%, estável em relação a outubro, mas baixo dos 7,1% registrados em novembro de 2021.

  • FTSE 100 (Reino Unido), +0,20%
  • DAX (Alemanha), +0,25%
  • CAC 40 (França), +0,10%
  • FTSE MIB (Itália), +0,40%

Commodities

As cotações do petróleo sobem forte na sessão de hoje, com a reabertura da fronteira entre a China e Hong Kong, o que elevou as perspectivas de demanda por combustível e compensou parcialmente as preocupações com uma recessão global.

Os preços do minério de ferro na China, contudo, recuam com preocupações sobre aumento dos casos de Covid no país ainda no radar dos investidores.

Além disso, o anúncio de trabalhos de manutenção em alguns altos-fornos e instalações siderúrgicas por algumas siderúrgicas diminuiu ligeiramente o sentimento do mercado de minério de ferro após o rali da commodity.

  • Petróleo WTI, +3,00%, a US$ 75,98 o barril
  • Petróleo Brent, +2,93%, a US$ 80,87 o barril
  • Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve baixa de 2,49%, a 823,00 iuanes, o equivalente a US$ 121,40

Bitcoin

  • Bitcoin, +1,42% a US$ 17.201,70 (em relação à cotação de 24 horas atrás)

2. Agenda

A agenda econômica doméstica e internacional estará bastante movimentada, com atenção principalmente aos indicadores de inflação no Brasil e nos EUA, além de outros dados de atividade por aqui.

No Brasil, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de dezembro será divulgado na terça-feira (10).

Na quarta feira (11), o IBGE divulgará os dados da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) de novembro , ou as conhecidas vendas no varejo, que deverão refletir o desempenho das vendas na Black Friday, avalia o Bradesco.

Na sequência, na quinta-feira, é a vez da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), também divulgada pelo IBGE.

Já na sexta, o Banco Central divulga o IBC-Br de novembro, considerado uma prévia do PIB.

Na agenda internacional, a principal divulgação é o CPI de dezembro, na quinta-feira. Antes disso, na terça, o destaque será o discurso de Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, sobre os próximos passos da política monetária americana.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Brasil

8h: Índice IPC-S semanal

8h25: Boletim Focus

10h30: Balança comercial semanal

3. Noticiário econômico

Refinarias da Petrobras (PETR4) estão na mira de atos antidemocráticos, diz FUP

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) mapeou a evolução das manifestações políticas nas unidades da Petrobras (PETR3;PETR4) por aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Pelas redes sociais, o grupo convocou novos atos contra o atual governo em refinarias da empresa, com foco na Refinaria Duque de Caxias (Reduc), no Rio de Janeiro, na segunda-feira, 9.

“Hoje não teve a presença de manifestantes na Reduc. Mas cabe destacar diversas mensagens circulando nas redes sociais convidando a presença de manifestantes na Reduc e em distribuidoras de combustíveis em Caxias. A polícia militar está no local”, informou a FUP.

O objetivo da convocação antidemocrática é bloquear o acesso de caminhões-tanque nas bases das empresas distribuidoras de combustíveis, sob o argumento de que sem combustível o Brasil vai parar

4. Noticiário político

Moraes determinas afastamento do governador do DF após vandalismo em Brasília

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou, na madrugada de domingo (8), o afastamento do cargo de Ibaneis Rocha (MDB), governador do Distrito Federal por um prazo inicial de 90 dias.

A decisão ocorre após um grupo de bolsonaristas golpistas invadir e depredar o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o próprio STF, em atos que guardaram semelhanças com a invasão do Capitólio (o Congresso norte-americano) dois anos atrás nos Estados Unidos.

Moraes também determinou a desocupação, em 24 horas, dos acampamentos de apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) montados nas imediações de quartéis e outras unidades militares pelo país.

Intervenção federal da segurança pública

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) decretou a intervenção federal da segurança pública do Distrito Federal, na tarde de domingo,  após invasão em Brasília.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“O objetivo da intervenção é pôr termo a grave comprometimento da ordem pública no Estado no Distrito Federal, marcada por atos de violência e invasão a prédios públicos”, segundo trecho do decreto.

O Congresso Nacional vai interromper o recesso legislativo para votar entre hoje e amanhã a intervenção federal decretada por Lula na segurança pública do DF.

Covid

O Brasil registrou no domingo 9 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 694.909 desde o início da pandemia.

Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias é de 137. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -6%.

No total, o país registrou 3.665 novos diagnósticos de Covid-19 em 24 horas, completando 36.504.006 casos conhecidos desde o início da pandemia.

5. Radar Corporativo

Petrobras (PETR3; PETR4)

A Petrobras (PETR3; PETR4) realizará a parada de manutenção da Refinaria Alberto Pasqualini (Refap), situada em Canoas (RS). A parada deve começar na segunda quinzena de janeiro.

A estatal vai investir R$ 450 milhões para garantir a confiabilidade da refinaria, além da implantação de projetos que aumentam a eficiência energética e a segurança dos processos.

Os serviços serão realizados nas unidades de craqueamento catalítico, destilação, geração de hidrogênio e tratamento de diesel e gasolina, com manutenção, inspeção e substituição de peças e equipamentos.

Aliansce Sonae (ALSO3) e brMalls (BRML3)

A Aliansce Sonae (ALSO3) e brMalls (BRML3) comunicaram na noite de sexta a consumação da combinação dos negócios das companhias. Também na sexta, foi encerrada a negociação das ações de emissão da brMalls na B3 sob o código BRML3, conforme divulgado pelas empresas em 19 de dezembro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As companhias continuarão a se dedicar às suas atividades, mantendo-se o registro de companhia aberta da Aliansce Sonae e a listagem de suas ações no segmento do Novo Mercado da B3, tornando-se a brMalls uma subsidiária integral da Aliansce Sonae.

Com a operação fechada, as ações de emissão da brMalls deixarão de ser negociadas no segmento do Novo Mercado da B3 e serão tomadas as medidas necessárias para que o seu registro de companhia aberta seja convertido de categoria “A” para categoria “B” e mantido enquanto os demais valores mobiliários por ela emitidos estiverem em circulação.

(Com Estadão, Reuters e Agência Brasil)

Descubra por que a queda da Bolsa representa uma rara oportunidade e veja 6 ações incrivelmente baratas para comprar hoje

Read Entire Article