Dados de emprego nos EUA, inflação na Zona do Euro, reunião ministerial de Lula e mais destaques do mercado hoje

1 year ago 101

Os índices futuros dos EUA operam em leve alta nesta sexta-feira (6), antes da divulgação de dados de empregos não-agrícolas, payroll, de dezembro, que serão observados com atenção pelo Federal Reserve nas suas decisões para controle da inflação. O consenso Refinitv projeta a criação de 200 mil vagas em dezembro.

Um relatório acima do esperado apontaria para um mercado de trabalho resiliente, o que pode significar que o Banco Central americano teria que ir mais longe em seus esforços para conter a inflação.

Já as bolsas europeias operam com alta em sua maioria, à medida que investidores repercutem a divulgação de dados de inflação da Zona do Euro, que ficou abaixo do esperado.

No Brasil, em dia de agenda de indicadores esvaziada, as atenções seguem voltadas para o noticiário político. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participará da primeira reunião ministerial do novo governo às 9h30. O encontro visa alinhar os discursos entre os integrantes do governo.

Vale ressaltar que o principal índice da Bolsa brasileira fechou em alta de 2,19% na quinta-feira (5), aos 107.641 pontos, em sua segunda sessão de ganhos expressivos após cair cerca de 5% nos primeiros dois pregões do ano.

1.Bolsas Mundiais

Estados Unidos

Os índices futuros dos EUA operam em leve alta nesta manhã de hoje, apagando parte das perdas da véspera, com investidores aguardando novos dados do mercado de trabalho americano.

Na véspera, as bolsas em Wall Street fecharam no vermelho, com aumento de empregos no setor privado nos Estados Unidos bem acima do consenso Refinitiv, que apontava para 150 mil empregos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nesta manhã, investidores aguardam pela divulgação do relatório de emprego, payroll, que serve de parâmetro para tomada de decisão do Fed sobre os rumos da política monetária do país.

Veja o desempenho dos mercados futuros:

  • Dow Jones Futuro (EUA), +0,12%
  • S&P 500 Futuro (EUA), +0,10%
  • Nasdaq Futuro (EUA), +0,03%

Ásia

Os mercados asiáticos fecharam em alta, com exceção do Hang Seng, de Hong Kong, após uma pesquisa do mercado de trabalho americano na véspera sugerir que o Federal Reserve dos EUA precisará realizar mais aumentos de juros para conter a inflação.

O índice Hang Seng reduziu seus ganhos e fechou em baixa, já que a China sinalizou mais medidas de apoio para seu setor imobiliário à frente.

  • Shanghai SE (China), +0,08%
  • Nikkei (Japão), +0,59%
  • Hang Seng Index (Hong Kong), -0,29%
  • Kospi (Coreia do Sul), +1,12%

Europa

A maioria dos mercados europeus opera em alta nesta sexta-feira, com investidores repercutindo dados de inflação da Zona do Euro. O dado preliminar mostrou alta anual de 9,2% em dezembro, abaixo da estimativa Refinitiv de 9,7% e do número de 10,1% de novembro.

Antes, a França, Alemanha e Itália relataram desacelerações da inflação acima do esperado ao longo da semana, o que deixou os investidores esperançosos de que a inflação tenha ultrapassado seu pico no bloco de moeda comum.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A desaceleração do índice de inflação poderia abrir caminho para o Banco Central Europeu moderar seu ciclo de aperto da política monetária.

Contudo, segundo analistas ouvidos pela CNBC, isso não deve provocar uma mudança de tom do Banco Central Europeu. As taxas de juros “chegarão a 3 (%) e provavelmente terão que se manter durante todo o ano, mesmo quando a recessão se tornar cada vez mais evidente”, disse Hetal Mehta, da Legal & General Investment Management, ao portal.

Carsten Brzeski, chefe global de macro do ING Germany, disse que os números de dezembro “não são um alívio, mas apenas um lembrete de que a inflação da zona do euro ainda é principalmente um fenômeno de preços de energia”.

Os custos de energia caíram na Europa nos últimos meses. Os preços do gás natural foram negociados a cerca de 72,42 euros por megawatt-hora na sexta-feira – bem abaixo do pico de 349,90 euros por megawatt-hora em agosto.

  • FTSE 100 (Reino Unido), +0,39%
  • DAX (Alemanha), -0,20%
  • CAC 40 (França), +0,03%
  • FTSE MIB (Itália), +0,08%

Commodities

As cotações do petróleo sobem e ampliam os ganhos da véspera, depois que dados apontaram para uma diminuição dos estoques de combustíveis nos Estados Unidos após uma tempestade de inverno no final do ano.

Os estoques de destilados, que incluem diesel e óleo para aquecimento, caíram mais do que o esperado na semana encerrada em 30 de dezembro. Eles caíram 1,4 milhão contra as expectativas de uma queda de 396 mil barris.

Enquanto isso, os estoques de gasolina dos EUA caíram 346.000 barris na semana passada, de acordo com os dados da EIA, em comparação com as expectativas dos analistas de uma queda de 486.000 barris

Os preços do minério de ferro na China voltaram a subir após quedas recentes em meio às preocupações com a Covid na China. Nesta sexta, a cotação da commodity avança devido ao otimismo em torno do apoio político intensificado da China ao setor imobiliário doméstico, mas preocupações persistentes com surtos locais de Covid-19 mantiveram o minério a caminho de uma queda semanal.

  • Petróleo WTI, +0,14%, a US$ 73,77 o barril
  • Petróleo Brent, +0,10%, a US$ 78,77 o barril
  • Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 1,85%, a 855,00 iuanes, o equivalente a US$ 124,65 

Bitcoin

  • Bitcoin, -0,36% a US$ 16.791,63 (em relação à cotação de 24 horas atrás)

2. Agenda

A semana termina com a divulgação de dados oficiais do mercado de trabalho americano, payroll, observado com atenção pelo Federal Reserve nas suas decisões para controle da inflação. O consenso Refinitiv projeta a criação de 200 mil vagas em dezembro. A média das projeções do mercado também aponta para taxa de desemprego mantida em 3,7% e um crescimento de 0,4% nos salários em comparação a novembro.

Brasil

8h: Índice IGP-DI

EUA

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

10h30: Relatório de emprego payroll

12h: Encomendas à indústria

12h: PMI ISM

13h15: Discurso da diretora do Fed, Lisa Cook

14h15: Discurso do diretor do Fed, Thomas Barkin

15h: Contagem de sondas Baker Hughes

17h30: Discurso do diretor do Fed, Raphael Bostic

3. Noticiário econômico

Novo ministro dos Transportes traça plano de investimentos de 100 dias

Após os investimentos terem caído ao menor nível da história, o ministro dos Transportes, Renan Filho, assumiu o cargo com R$ 20 bilhões para gastar em infraestrutura de transporte, mais de três vezes a verba dos últimos anos.

Em sua primeira entrevista após tomar posse, ele disse que seu antecessor, o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, entregou as estradas em condição “pior do que recebeu” e antecipou que anunciará no próximo dia 16 um plano de ação para os 100 dias, que envolve retomar todas as obras paralisadas, reparar as rodovias para o escoamento da safra, preparar as vias para o período de chuvas e fortalecer a resposta para emergências.

Renan Filho também defendeu um novo arcabouço fiscal que permita aumentar os investimentos prioritários. “O grande desafio é fazer uma discussão mais ampla para garantir sustentabilidade fiscal de médio e longo prazo.”

4. Noticiário político

Governo faz primeira reunião ministerial hoje

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva termina a primeira semana de governo com uma reunião de sua equipe de ministros e ministras, nesta sexta. O encontro começa às 9h30, no Palácio do Planalto e, segundo o próprio presidente, “só tem horário para começar”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em vídeo divulgado por sua assessoria, o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, afirmou que a reunião tem o objetivo de ser um momento de acolhimento dos novos integrantes do primeiro escalão do governo federal. “O presidente Lula fez questão de convocar essa reunião com todas e todos, fazendo um acolhimento desses ministros e ministras, dar partida no início do governo”, afirmou.

Covid

O Brasil registrou nesta quinta-feira (5) 183 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 694.625 desde o início da pandemia.

Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias é de 120. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -22%.

No total, o país registrou 28.049 novos diagnósticos de Covid-19 em 24 horas, completando 36.456.156 casos conhecidos desde o início da pandemia.

5. Radar Corporativo

Oi (OIBR3;OIBR4)

A operadora Oi (OIBR3) informou que a Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência (CADE) aprovou, nesta quinta, a operação de alienação de ações representativas da totalidade do capital social da Lemvig RJ Infraestrutura e Redes de Telecomunicações S.A. (SPE Torres 2) à NK 108 Empreendimentos e Participações, afiliada da Highline do Brasil, sem restrições.

A decisão de aprovação se tornará definitiva no prazo de 15 dias corridos, contados a partir de sua publicação, caso não haja recurso de terceiros interessados ou avocação da Operação pelo Tribunal Administrativo do CADE.

PRIO (PRIO3)

A produção diária da PRIO atingiu 47.621 barris de óleo equivalente no quarto trimestre de 2022, um aumento de 4,1% frente ao terceiro trimestre de 2022.

A companhia teve uma produção diária de 40.470 no acumulado de 2022.

Taesa (TAEE11)

O Conselho de Administração da Taesa (TAEE11) aprovou a distribuição de dividendos intercalares referentes ao exercício de 2022 no montante de R$ 460 milhões, o que equivale a R$ 0,4450909139 por ação ou R$ 1,3352727417 por Unit, sendo a data de 11 de janeiro de 2023 ex dividendos e a data de pagamento o dia 23 de janeiro de 2023.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

(Com Estadão, Reuters e Agência Brasil)

Descubra por que a queda da Bolsa representa uma rara oportunidade e veja 6 ações incrivelmente baratas para comprar hoje

Read Entire Article