Elon Musk coloca Dogecoin na bio do Twitter e criptomoeda sobe 10%

10 months ago 58

Elon Musk, dono do Twitter, recentemente adicionou o símbolo (Ð) do Dogecoin (DOGE) na sua biografia da plataforma de mídia social. Como consequência, os especuladores fizeram o preço da criptomoeda subir cerca de 10%.

O Dogecoin é negociado a R$ 0,37, com uma alta de 8,26% nos últimos 7 dias. Apesar da alta recente, o DOGE permanece cerca de 88% abaixo da sua máxima histórica, alcançada em maio de 2021.

Os traders podem ter especulado comprando dogecoin pois há possibilidades do Twitter integrar a criptomoeda com o tempo. Musk já declarou que pretende tornar a plataforma em um ‘aplicativo de tudo’, e que serviços financeiros serão adicionados no futuro.

Há algumas semanas, o Twitter mudou a logo do passarinho para o meme Doge. A mudança durou alguns dias e aparentemente se tratou apenas de uma piada do bilionário.

Elon Musk e o mercado de criptomoedas

Musk, que possui cerca de 150 milhões de seguidores em sua plataforma de mídia social, é conhecido pelas suas publicações polêmicas e por sua relação com o mercado de criptomoedas. 

O Dogecoin, criptomoeda que surgiu como um meme, foi fortemente impulsionado pelas publicações de Musk ao longo dos anos. O bilionário chegou inclusive a ser processado por investidores da criptomoeda por supostamente inflar o preço do token para lucrar por meio de trades.

Os investidores estão pedindo coletivamente US$ 258 bilhões, um valor absurdo e que supera em várias vezes a própria capitalização do próprio Dogecoin.

Leia mais: Processo de US$ 258 bilhões contra Elon Musk e Dogecoin ganha novos réus

Mais recentemente, o Twitter está sendo renomeado para X. Como consequência do mercado altamente especulativo, o token X disparou de preço rapidamente, se valorizando cerca de 1800% após a notícia.

No entanto, não há nenhuma evidência que o token esteja relacionado com a plataforma de mídia social.

Read Entire Article