Esqueça as datas sazonais, Growth é fazer sua empresa vender mais o ano inteiro

1 year ago 176

Se você planejou, executou e ficou frustrado com os resultados da sua Black Friday ou suas vendas de Natal, você não está sozinho. As vendas de natal, embora tenham sido positivas em relação aos anos anteriores de pandemia, não chegaram aos números de 2019. Enquanto a Black Friday teve um volume de faturamento 28% menor que em 2021.

Isso quer dizer que você não deve mais investir em estratégias para essas datas? Não. Entretanto, nos mostra que o empresário que depender dessas datas para vender está fadado ao fracasso.

Por isso, se você busca uma forma de crescer de forma sustentável, é indispensável entender que isso não vai ser feito com descontos em um dia ou mês específico. Growth precisa ser trabalhado todo dia como cultura da empresa, pensando principalmente em estratégias de marketing digital que buscam vender acima de tudo.

Assim, hoje eu vou te falar um pouco sobre o cenário de business das datas sazonais, mas também em como desenhar uma estratégia baseada em cultura e métodos para vender mais.

Black Friday

A Black Friday é uma data conhecida por oferecer descontos em diversos produtos, principalmente em e-commerces e marketplaces. Ou seja, uma ótima data para o consumidor, mas e para a empresa?

Bom, ao se tratar do mercado brasileiro, a Black Friday nunca foi um grande sucesso de fato, e esse ano tivemos uma queda de 28% no faturamento da data em relação ao ano passado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Resultado: milhares de empreendedores frustrados.

Mas isso não é nenhuma novidade, e parte muito do princípio que entendemos a Black Friday do jeito errado. Essa é a data perfeita para se livrar de estoques que estão parados, mas não para fazer mais estoque.

Afinal, o que vale mais: vender mais por um menor valor ou manter um ritmo previsível com um ticket médio mais alto?

Precisamos partir do princípio dos 4 Vs que inspiraram o nome da V4 Company, ou seja, Vender seu produto, Vender mais vezes, Vender para mais pessoas e Vender pelo maior valor.

Assim, se você está dependendo de descontos para conseguir vender mais, sua empresa não parece ter um futuro muito promissor, não é mesmo?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Entretanto, isso não quer dizer que você não possa ter uma estratégia para vender bem na BF. Mas sim, que essa deve ser feita para complementar seu plano do ano todo, garantindo um faturamento extra, independente do provisionado.

Natal

Agora, ao se tratar do Natal, não estamos falando de uma data que preza por desconto, mas sim, a principal data comercial do Brasil. Isso significa que essa é uma época que você pode de fato mover ponteiros significativos no seu negócio, entretanto, você não pode depender dela para isso.

Ou seja, se você traçou metas para o ano e ainda não atingiu elas em dezembro, não vai ser o natal que vai salvar seu negócio. Afinal, por mais que essa data seja super positiva para o comércio, ela precisa ser algo a mais já previsto e não uma forma de salvar os resultados que não foram atingidos.

Além disso, por mais que essa seja uma época de alta nas vendas, nos últimos 3 anos o faturamento esperado não foi atingido, mostrando o impacto que a pandemia ainda está tendo no consumo. Podemos ver isso no gráfico abaixo que demonstra a intenção dos consumidores para o Natal desse ano:

Entendendo esse cenário, é possível observar diversas problemáticas que nos mostram que a sazonalidade não deve sustentar seu negócio, mas que tenha uma estratégia a parte focada em uma meta de vendas específica.

Sua empresa precisa vender mais o ano inteiro

Certo, agora que já entendemos o quanto depender de datas específicas para vender mais pode ser um problema para o crescimento do seu negócio, precisamos enxergar o que de fato pode mover ponteiros a longo prazo na sua empresa.

Assim, entenda seu BHAG – Big Hairy Audacious Goals – ou seja, sua meta mais audaciosa para a empresa, e comece a definir o caminho para alcançá-la. Dessa forma, você conseguirá enxergar caminhos de forma mais assertiva e desenhar estratégias mais mensuráveis.

Além disso, encontre parceiros e empresas que podem ajudar você com isso, como uma assessoria de marketing, por exemplo. Possibilitando que seu plano de ação sempre esteja alinhado com a estratégia correta para o seu negócio, e assim, garantindo a falta de dependência em períodos específicos do ano.

Para finalizar, vamos lembrar que isso não significa não investir em datas sazonais. Mas se você quer crescer de forma sustentável, sua estratégia não pode depender disso. Grandes empresas quebraram por não perceber isso em épocas como a da pandemia, e muitas ainda vão quebrar.

Texto: Dener Lippert

CEO e fundador da V4 Company, maior rede de assessoria de marketing digital do país, autor do best-seller “Cientista do Marketing” e colunista do InfoMoney. Dener tem apenas 27 anos, mas já figura entre os principais empreendedores do país: está na lista da Forbes Under 30 de 2021, fundou a V4 Company com apenas 18 anos (na cozinha da casa de sua mãe) e hoje já tem mais de 150 franquias em todo o país, com uma base de 2 mil clientes ativos. Já passaram pelo portfólio da marca empresas como Dell, Melissa, Wizard, Spotify, Lojas Lebes, Colchões Ortobom, Mobills, Wise Up e Smart Fit. Recentemente a V4 Company anunciou sociedade com o Grupo Dreamers, holding detentora de 16 marcas, entre elas Artplan e Rock In Rio. Dener Lippert também é host do ROI Hunters, podcast de marketing do InfoMoney com foco em assuntos ligados a growth, marketing digital e business.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Read Entire Article