Fed permite que os bancos comerciais usem cripto

1 year ago 72

Em uma declaração que visa destacar os riscos da indústria cripto, os bancos da Reserva Federal (Fed) deixaram claro que bancos comerciais podem fornecer serviços relacionados a criptoativos.

“As organizações bancárias não são proibidas nem desencorajadas de prestar serviços bancários a clientes de qualquer classe ou tipo específico, conforme permitido por lei ou regulamento,” disseram os bancos regionais do Federal Reserve System (sistema bancário central dos Estados Unidos) junto de outras entidades que supervisionam os bancos comercias e o sistema monetário.

No entanto, eles ressaltaram que existe uma insegurança “altamente provável” envolvida em possuir criptoativos, afirmando:

“Com base no entendimento e experiência das agências até o momento, elas acreditam que é altamente provável que a atividade de emitir ou manter criptoativos emitidos, armazenados ou transferidos em uma rede aberta, pública e/ou descentralizada, seja inconsistente com práticas bancárias seguras e sólidas.”

A palavra “posse” tende a significar ter a posse das chaves privadas. Se, em vez disso, outra entidade fornecer a custódia, é possível argumentar que o próprio banco não esteja realmente na posse dos ativos. Além disso, embora o termo “altamente provável” indique uma conotação negativa, não é uma proibição.

Portanto, se estes bancos adotarem práticas seguras e sadias, como garantir um seguro se estiverem realmente mantendo ou usando um custodiante segurado, parece que eles têm liberdade para fornecer serviços cripto, com base nesta declaração.

Isso segue também uma aprovação do Banco de Compensações Internacionais (BIS), que tende a supervisionar os bancos centrais, permitindo que os bancos comerciais detenham entre 1% e 2% de seu capital de nível 1 em criptoativos.

O BIS disse que os bancos poderiam usar cripto como uma cobertura, e eles não forneceram nenhuma informação se o cripto mencionado poderia ser uma stablecoin.

Seguindo estes desenvolvimentos, é provável que haja muito mais notícias sobre esta integração “segura” entre cripto e o sistema financeiro estabelecido já que eles estão começando a se fundir.

Mais cedo ou mais tarde, é provável que os bancos que prestam serviços de negociação de ações, commodities ou títulos, adicionem criptomoedas ao portfólio se quiserem acompanhar a Fintechs ou bancos DeFi.

A declaração do Fed permite que isso ocorra quando se trata de futuros de bitcoin liquidados à vista, como aqueles fornecidos pela CME, mas o espaço de financiamento de bitcoin está ficando muito mais sofisticado e é provável que se desenvolva ainda mais nessa direção.

Como tal, a partir desta declaração, parece que o emissor do dinheiro fiduciário não ficará no caminho, com o sistema bancário potencialmente começando a se tornar neutro em relação aos criptoativos.

Leia também:

Read Entire Article