FGTS: quem tem direito ao lucro e quando será distribuído?

9 months ago 56

O Conselho curador do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo e Serviço) vai se reunir nesta terça-feira (24) para decidir quanto do lucro do fundo obtido em 2022 será distribuído aos trabalhadores.

A expectativa é de que a cifra alcance algo em torno de R$ 12,7 bilhões, segundo informou o jornal Folha de S. Paulo.

Na reunião, o conselho vai deliberar se vai distribuir todo o lucro do fundo ou uma porcentagem. Como referência, em 2022, a distribuição foi de 99% do lucro, equivalente a R$ 13,2 bilhões.

O InfoMoney antecipa, abaixo, tudo o que já se sabe sobre o tema. Confira:

Quem tem direito ao lucro?

Terão direito ao benefício os trabalhadores com saldo nas suas contas vinculadas do FGTS no dia 31 de dezembro de 2022.  Valem tanto as contas ativas (que recebem depósitos pelo emprego atual) quanto as inativas (relacionadas a empregos anteriores).

Quanto cada trabalhador recebe?

O montante devido a cada pessoa é calculado proporcionalmente ao saldo mantido em cada conta vinculada. Na prática, quanto maior o saldo em sua conta individual, maior será o valor a receber.

Como funciona a rentabilidade do fundo?

Pela legislação, o FGTS rende 3% ao ano mais a taxa referencial (TR).

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas.

Com a distribuição de lucros, a remuneração do Fundo de Garantia é ampliada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ano passado, mesmo com o lucro, o rendimento ficou em 5,83%, inferior à inflação oficial de 10,06% pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2021. Foi a primeira vez, desde 2017, que os rendimentos do FGTS não repuseram as perdas com a inflação.

Confira, abaixo, o rendimento do FGTS nos últimos anos, comparado com a inflação.

ANOFGTSIPCA
2021 (pagamento em 2022)5,83%10,06%
2020 (pagamento em 2021)4,92%4,52%
2019 (pagamento em 2020)4,90%4,31%
2018 (pagamento em 2019)6,18%3,75%
2017 (pagamento em 2018)5,59%2,95%
2016 (pagamento em 2017)7,14%6,29%

Como ter acesso ao dinheiro?

O trabalhador não tem acesso ao dinheiro. As regras de saque do FGTS não se alteram com essa distribuição de lucros.

É possível sacar o saldo FGTS nas seguintes situações:

  • demissão por justa causa;
  • compra da casa própria;
  • saque-aniversário;
  • aposentadoria; entre outras situações, conforme as regras do fundo.

No guia sobre o FGTS você pode saber mais sobre: FGTS como sacar?.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quando acontece a distribuição?

A legislação determina que a distribuição do lucro deve ocorrer até o dia 31 de agosto.

Quanto foi pago nos anos anteriores?

Em 2021, foram distribuídos 96% do lucro do fundo, de R$ 8,1 bilhões. Já em 2020, o repasse foi de R$ 7,5 bilhões, o equivalente a 66,2% do resultado positivo em 2019, de R$ 11,3 bilhões.

Confira, ano a ano, os valores distribuídos em lucro do FGTS:

AnoValor distribuído
2022 (pagamento em agosto de 2023) a confirmar 
2021 (pagamento em agosto de 2022)R$ 13,2 bilhões
2020 (pagamento em agosto de 2021)R$ 8,1 bilhões
2019 (pagamento em agosto de 2020)R$ 7,5 bilhões
2018 (pagamento em agosto de 2019)R$ 12,2 bilhões
2017 (pagamento em agosto de 2018)R$ 6,1 bilhões
2016 (pagamento em agosto de 2017)R$ 7,2 bilhões

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Read Entire Article