Funcionários do BCE querem monitorar criptomoedas sob as leis de jogos de azar

1 year ago 118

Funcionários do BCE querem monitorar criptomoedas sob as leis de jogos de azar

BCE, sede em Frankfurt/ Foto de Christian Lue via Unsplash

Em um post oficial, o Banco Central Europeu (BCE) pediu que os usuários de criptomoedas deveriam receber proteção sob as leis de apostas online.

O crash de 2022 tem sido devastador para a indústria cripto, e tem causado alterações nas políticas regulatórias em todo o mundo. No post do blog do BCE, um membro da diretoria executiva sugeriu que a indústria cripto deveria ser escrutinada com rigor.

Fabio Panetta, o executivo do BCE, mencionou que o investimento em criptomoedas poderia ser tratado de forma semelhante aos jogos de azar e também acrescentou que, assim como as apostas, as negociações cripto praticamente não têm valor econômico.

A confiança dos investidores tem gradualmente diminuído como resultado do recente colapso do mercado e do crash da FTX, e o BCE acredita que são necessárias leis mais rígidas para proteger os investidores.

Panetta chamou os ativos digitais de ativos “não garantidos” e também de “investimento especulativo,” dada a natureza altamente volátil dos ativos e seus vínculos com atividades ilícitas, como lavagem de dinheiro, evasão fiscal e evasão de sanções.

Em suas observações, Panetta também afirmou que 2022 “marcou o desenrolar da indústria cripto à medida que os investidores passaram do FOMO para o medo de ficarem presos no mercado.”

FOMO, ou Fear of Missing Out, é o medo ou ansiedade de estar perdendo as atualizações de algum aspecto ou evento, nesse caso do mercado cripto. 

Implementação das leis de jogos de apostas

Panetta também declarou que, ao promulgar estes regulamentos, a agência deveria se referir e tomar emprestado das leis de jogos de azar que existem no mercado. Ele também afirmou que deve haver métodos para identificar problemas causados por ativos digitais, tais como lavagem de dinheiro, evasão de sanções e financiamento do terrorismo.

Se as regulamentações cripto não forem estabelecidas ou seguidas, então haverá impactos severos no mercado financeiro tradicional mais amplo.

Os acontecimentos atuais dentro do espaço cripto tiveram um impacto mínimo no mercado financeiro tradicional, razão pela qual o setor foi autorizado a “queimar.” Entretanto, apesar da opção de permitir que o setor entre em “autocombustão,” a indústria cripto tem o potencial de causar grandes problemas, considerando os riscos associados.

As criptomoedas não têm lastro, portanto são inteiramente especulativas, por isso os regulamentos as tratarão de forma semelhante a jogos de azar, impondo impostos e medidas de proteção ao consumidor semelhantes. Os esforços regulatórios precisarão de um alcance global e protegerão contra tentativas de lobby que serão eficazes a fim de determinar a responsabilização da indústria.

Leia também:

Read Entire Article