Gafisa (GFSA3) reverte liminar e mantém aumento de capital antes de assembleia

1 year ago 129

A Gafisa (GFSA3) obteve na tarde deste domingo (8) autorização da Justiça para prosseguir com a operação de aumento de capital, que levantou R$ 78 milhões e permitirá a emissão de cerca de 13 milhões de novas ações. A companhia conseguiu reverter uma liminar obtida na última quinta-feira pela gestora Esh Capital, que é contra a operação.

O desembargador Azuma Nishi, o mesmo que havia concedido liminar à Esh, entendeu que a deliberação sobre o aumento de capital não é tema da Justiça e que qualquer disputa acionária deverá ser feita por arbitragem.

“O Poder Judiciário não é competente para solucionar conflitos entre os acionistas, que devem ser submetidos à arbitragem, nos termos do art. 52 do Estatuto [da Gafisa]”, escreveu  o magistrado.

Procurada, a Esh Capital ainda não comentou a decisão.

Na prática, a tendência é de que seja alterado mapa de votação para a assembleia geral de acionistas (AGE), marcada para esta segunda-feira (9), em favor dos acionistas que acompanharam o aumento de capital – a Esh não participou da operação.

Na pauta da AGE, a gestora de Vladimir Timerman tenta cancelar o aumento de capital e trocar a administração da Gafisa. A Esh, por meio de seu fundo Esh Theta, possui 15,1% do capital da construtora, posição esta que deverá ser diluída a partir de agora.

Este texto está em atualização.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Descubra por que a queda da Bolsa representa uma rara oportunidade e veja 6 ações incrivelmente baratas para comprar hoje

Read Entire Article