Gafisa (GFSA3) vende fatia no hotel Fasano, GPA (PCAR3) pede listagem de BDRs de Éxito e mais

1 year ago 128

O Radar InfoMoney tem como destaque Gafisa, que vendeu participação fatia do hotel Fasano, e o GPA com o pedido de segregação dos negócios de Éxito, com lançamento de BDRs na bolsa.

Confira os destaques:

Gafisa (GFSA3)

Na última quinta, a Gafisa comunicou ao mercado a venda de sua participação de 80% no empreendimento Fasano Itaim, em São Paulo, por R$ 330 milhões. Segundo a empresa, o negócio demonstra a capacidade da companhia na restruturação de ativos.

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo rejeitou pedido do Esh Theta Fundo de Investimento Multimercado para realizar nesta segunda (2) a assembleia geral extraordinária da Gafisa. Assim, foi mantida a AGE convocada pela companhia para o dia 9 de janeiro.

A Esh Capital detém atualmente 11,06% de participação na construtora e tentava antecipar a AGE para discutir ação de responsabilidade contra administradores e membros do conselho da empresa. Investidores acusam prejuízos à construtora em operações irregulares nos últimos anos.

Méliuz (CASH3)

O Méliuz firmou acordo com o Banco Votorantim envolvendo vários tópicos. Um deles é a oferta de produtos e serviços financeiros do banco BV, que atuará como instituição parceira do Méliuz. Além disso, será feita a venda de 3,85% do capital social do Méliuz, pelo preço por ação de R$ 1,50, corrigido pelo CDI entre a data de celebração de referido contrato e a data de consumação da operação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Foi também celebrado memorando de entendimento para a venda do controle da fintech Bankly, que pertence a Méliuz, ao BV, em até 90 dias, com base no valor de R$ 210 milhões. A aliança será oficialmente apresentada nesta terça (3), por meio de webcast.

Gol (GOLL4)

A companhia aérea Gol emitiu notes em um valor total de US$ 196 milhões, com remuneração de 5,00% e vencimento em 2026, e remuneração de 3,00% e vencimento em 2025. As notes tem custo médio de 4,3% ao ano e foram emitidas em troca do cumprimento de obrigações de pagamento de arrendamento de aeronaves.

GPA (PCAR3)

A GPA solicitou a CVM o pedido de registro de companhia aberta categoria A e a listagem de BDRs na B3 para sua subsidiária colombiana Éxito. O grupo informa que obteve as autorizações prévias necessárias de todos os seus credores financeiros para a operação. A GPA espera concluir a segregação com a entrega efetiva das ações ordinárias da Éxito na forma de BDRs e ADRs aos seus acionistas ainda no primeiro semestre desse ano.

Equatorial (EQTL3)

A Equatorial concluiu a aquisição da Celg Distribuição mediante o pagamento à Enel de R$ 1,513 bilhão. Com a compra, a Equatorial assume dívida de R$ 7,04 bilhões da concessionária a serem pagos em 12 meses.

A Celg foi arremata em leilão pela Enel em 2016, mas ao longo do tempo a gestão da empresa de energia de distribuição passou a sofrer muitas críticas de operação.

A Equatorial afirma que com a compra, diversifica a sua atuação no segmento de distribuição de energia para mais uma região geográfica, reforçando também atuação nesse segmento. A Celg tem mais de 3,3 milhões de clientes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Wilson Sons (PORT3)

A Wilson Sons celebrou com o BNDES financiamento de até R$ 182,8 milhões para construção, reparo, manutenção e modernização de embarcações de sua frota. O projeto tem prazo de execução de cerca de dois anos e contempla investimentos em 21 embarcações.

Rodobens (RDNI3)

A Rodobens distribuirá R$ 33 milhões em JCP (ou R$ 0,103 por cada unit) e a distribuição de dividendos no valor de R$ 206,967 milhões (ou R$ 0,650 por cada unit), relativos à parte dos lucros auferidos no exercício de 2022.

Petrobras (PETR3) (PETR4)

A GQG Partners elevou participação para 5,20% das ações PN e 5,64% das ações ON de ADRs da Petrobras. A GQG Partners é uma gestora americana de ativos.

Track & Field (TFCO4)

A Compass Group elevou participação de 7,5% para 10,11% das ações PN da Track & Field. A Compass Group é uma das principais players de investimentos e gestoras de ativos latino-americanos.

BTG Pactual (BPAC11)

O banco BTG Pactual distribuirá juros sobre capital (JCP) decorrentes de lucros apurados no exercício encerrado em 31 de dezembro. O valor bruto referente aos JCP é de R$ 0,147 por unit. O pagamento ocorrerá no dia 15 de fevereiro.

Americanas (AMER3)

A Americanas fez aumento de capital no valor de R$ 4,019 milhões. Assim, o capital social da companhia, após o aumento, passou para R$ 15,457 bilhões. No total, foram emitidas 277.235 ações ordinárias.

Corsan

A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) homologou o leilão de concessão que alienou as ações da companhia em poder do Estado do Rio Grande do Sul para o consórcio Aegea. Em proposta única, a Aegea arrematou a empresa de saneamento por R$ 4,151 bilhões, em leilão realizado no último dia 20 de dezembro.

Read Entire Article