GPA (PCAR3) aumenta em 146,8% seu prejuízo milionário no 2T23; Veja o valor

10 months ago 61
Negócios

O GPA (PCAR3), empresa controladora do Pão de Açúcar, anunciou nesta quarta-feira (26) seu balanço do segundo trimestre de 2023 (2T23), reportando um prejuízo líquido de R$ 425 milhões no período.

GPA (PCAR3) aumenta em 146,8% seu prejuízo milionário no 2T23; Veja o valor GPA (PCAR3) anuncia aumento de 146,8% em seu prejuízo milionário. Foto: Divulgação

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/07/1420x240-Banner-Materias-01-3.png

O resultado do GPA mostra um aumento de 146,8% no prejuízo líquido em relação ao mesmo período de 2022, quando as perdas da companhia foram de R$ 172 milhões.

A receita líquida do GPA foi de R$ 4,755 bilhões no 2T23, o que representa uma alta de 13,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

Já o lucro bruto alcançou a marca de R$ 1,181 bilhão no segundo trimestre deste ano, com crescimento anual de 5,9%. A margem bruta registrada foi de 24,8%, com queda de 1,8 ponto percentual em relação a igual período de 2022.

O balanço trimestral do GPA também destacou que as despesas com vendas gerais e administrativas foram de R$ 926 milhões no segundo trimestre de 2023.

Quanto ao resultado financeiro líquido da companhia registrou um prejuízo de R$ 338 milhões no 2T23, com crescimento de 33,4% em relação ao 2T22.

Mais informações sobre os resultados do GPA

O Ebtida ajustado consolidado do GPA, que corresponde ao lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações da empresa totalizou R$ 257 milhões, cerca de 7,4% maior que o reportado no 2T22. Já a margem Ebitda ajustada é de 5,4%, com recuo anual de 0,3 ponto percentual.

As vendas mesmas lojas do GPA cresceram 6,4% no segundo trimestre de 2023. Nesse sentido, a bandeira Pão de Açúcar teve o 5º trimestre seguido, com avanço anual de 8,6% somente no 2T23.

O caixa operacional da dona do Pão de Açúcar alcançou os R$ 245 milhões no segundo trimestre de 2023, aproximadamente 48,4% superior ao mesmo período de 2022.

Os investimentos do GPA somaram R$ 363 milhões em 2023 até o final de junho, cerca de 22,4% menor que o valor acumulado em igual etapa do ano passado.

Por fim, a dívida líquida do GPA totalizou R$ 2,9 bilhões até o final do segundo trimestre de 2023, que diminuiu R$ 1,5 bilhão na comparação com o 2T22. Já em relação ao trimestre imediatamente anterior, essa redução foi de R$ 100 milhões.

As ações do GPA, com ticker PCAR3, fecharam em alta de 0,93% nesta quarta-feira (26), cotadas a R$ 21,66. Assim, os papéis da empresa acumulam ganhos de 15,77% no mês de julho até agora.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/07/Image_20230704_105729_406.png

Read Entire Article