Huobi planeja demissões em massa e cortes salariais

1 year ago 91

A popular exchange de criptomoedas Huobi demitirá uma parte significativa do seu time de colaboradores e cortará os salários de funcionários seniores, de acordo com o repórter chinês Colin Wu.

No mês passado, a bolsa desmentiu as especulações de que reduziria seu quadro de funcionários devido ao alto número de funcionários da empresa. 

Mas pessoas de dentro da empresa confirmaram que a Huobi seguirá em frente com o plano, ao mesmo tempo em que cortará os contracheques de seus executivos seniores.

Huobi cancela bônus anuais 

Segundo um relatório recente, a empresa pretende reduzir o tamanho de sua equipe de 1.200 pessoas para 600 e 800 funcionários. Além disso, a exchange cancelará seus bônus anuais.

No mês passado, a empresa anunciou que lançaria uma série de campanhas de final de ano, que começaram em 18 de dezembro. Essas campanhas incluem eventos e competições que permitem aos usuários ganhar prêmios em criptomoedas específicas.

Os bônus anuais terminaram abruptamente porque a empresa pretende cancelar o programa. A mudança ocorre em meio a um mercado em baixa intensificado, com muitas empresas lutando para manter a lucratividade e se manter à tona.

A Huobi, fundada em 2013, ainda não divulgou uma declaração oficial sobre o assunto. A notícia gerou especulações sobre a saúde da empresa e o futuro do setor como um todo.

A exchange é uma das mais antigas do mercado e apresenta uma grande importância no espaço criptográfico, principalmente após a queda do FTX. 

A empresa tem escritórios em Cingapura, Hong Kong e Coréia do Sul e atende a milhões de clientes em todo o mundo.

As tendências de dispensa de cripto 

A Huobi não será a primeira empresa de criptomoedas a reduzir seu time de colaboradores desde o início do mercado de baixa. Várias exchanges, incluindo Coinbase e CryptoCom, demitiram uma porcentagem significativa de seu quadro de funcionários para cortar custos operacionais e permanecer à tona.

No início deste mês, a plataforma de ativos digitais Bybit disse que cortaria 30% do seu time de colaboradores devido à “reorganização em andamento com o objetivo de reorientar os esforços, e as reduções serão generalizadas”.

O CEO da empresa, Alex Harper, observou que a empresa está em boas condições e continuará funcionando normalmente sem interrupções.

LEIA MAIS: Bitcoin terminará 2022 com uma queda anual de 65%

Read Entire Article