Menos de 100 caixas eletrônicos de Bitcoin foram instalados em todo o mundo no segundo semestre de 2022

1 year ago 76

Nos últimos seis meses, entre julho e o dezembro de 2022, apenas 94 caixas eletrônicos Bitcoin foram adicionados à rede global.

Menos de 100 caixas eletrônicos de Bitcoin foram instalados em todo o mundo no segundo semestre de 2022

Embora os caixas eletrônicos de Bitcoin (BTC) tenham sido um reflexo tardio da visão de dinheiro sólido criado por Satoshi Nakamoto, eles agora são considerados um dos principais pilares da adoção do criptoativo. No entanto, a rede global de caixas eletrônicos de Bitcoin, que costumava adicionar milhares de máquinas a cada mês em 2021, registrou um crescimento líquido de apenas 94 instalações nos últimos seis meses, a contar de julho de 2022.

O mercado de baixa de 2022 - acompanhado por tensões geopolíticas e inflação global - atrapalhou várias iniciativas que contribuem para o crescimento de todo o ecossistema cripto. Como resultado, os esforços para instalar novos caixas eletrônicos de Bitcoin diminuíram noos países que lideram esse tipo de iniciativa.

Gráfico que mostra o número de caixa eletrônicos de Bitcoin instalados ao longo do tempo. Fonte: CoinATMRadar

Nos últimos seis meses, entre julho e dezembro de 2022, apenas 94 caixas eletrônicos Bitcoin foram adicionados à rede global. Em contraste, 4.169 caixas eletrônicos foram adicionados durante os primeiros seis meses do ano do ano passado, confirmam os dados do CoinATMRadar.

Apesar da desaceleração global, países como a Espanha e a Austrália assumiram a liderança em instalações de caixas eletrônicos de criptoativos. Os Estados Unidos e o Canadá mantêm as duas primeiras posições no ranking global. El Salvador, o país que já ocupou a terceira posição, agora caiu para a quinta posição, atrás da Espanha e da Austrália, respectivamente.

Número de caixas eletrônicos de criptomoedas instalados ao longo do tempo por fabricantes. Fonte: CoinATMRadar

Durante esse período, o fabricante de caixas eletrônicos de Bitcoin BitAccess viu uma queda relativa em seu número de instalações, enquanto outros, em comparação, relataram um aumento constante.

À medida que os investidores de criptomoedas se livram dos sentimentos negativos do ano passado e voltam ao jogo, subecossistemas como os caixas eletrônicos de Bitcoin permanecem bem posicionados para uma recuperação.

A Austrália, logo após ultrapassar El Salvador para se tornar o quarto maior hub de caixas eletrônicos de criptomoedas do mundo, obteve sua primeira instalção com recursos integrados à Lightning Network (LN).

Usando a LN, os caixas eletrônicos Bitcoin podem processar transações imediatamente sem que o operador agrupe os fundos. Como o Cointelegraph relatou anteriormente, esse desenvolvimento pode potencialmente reduzir as taxas de transação em comparação com transações realizadas on-chain.

LEIA MAIS

Read Entire Article