Ministério da Agricultura confirma nomes que comandarão secretarias da pasta

1 year ago 89

O Ministério da Agricultura confirmou, nesta quarta-feira (4), por meio de nota, cinco nomes que comandarão as secretarias da pasta. Conforme antecipou a reportagem, Carlos Goulart assumirá a Secretaria de Defesa Agropecuária; Wilson Vaz de Araújo comandará a Secretaria de Política Agrícola; Irajá Lacerda estará à frente da Secretaria Executiva; Renata Miranda liderará a Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Sustentável, Irrigação, Cooperativismo, e Roberto Perosa assumirá a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais.

Goulart, até então diretor do Departamento de Sanidade Vegetal e Insumos Agrícolas do ministério, é auditor fiscal federal, servidor de carreira especializado em defesa e certificação fitossanitária. Era um dos nomes favoritos pelo setor produtivo para o posto, que é considerada uma das secretarias mais estratégicas da pasta. Goulart havia sido nomeado adido agrícola na China, cargo qual assumiria nas próximas semanas.

Araújo é ex-secretário adjunto da Secretaria de Política Agrícola. É servidor de carreira do ministério, tendo já ocupado também os postos de secretário interino de Política Agrícola e de diretor do Departamento de Política de Financiamento ao Setor Agropecuário. Ele retorna ao comando da pasta responsável pela estruturação do Plano Safra e do Seguro Rural.

Perosa é empresário do setor sucroenergético paulista. Atualmente, ele é CEO da Organização das Associações dos Produtores de Cana do Brasil (Orplana). Seu nome foi indicação do vice-presidente Geraldo Alckmin. Perosa já havia informado a empresários paulistas sobre a nomeação no último fim de semana.

Renata Miranda atualmente é chefe de Gabinete da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do ministério. Ela é servidora de carreira da Embrapa e atuava no Ministério da Agricultura desde fevereiro de 2019. Renata Miranda deve ser responsável pela coordenação de programas como o da recuperação de pastagens degradadas e acompanhou o ministro Carlos Fávaro na tarde desta quarta-feira na posse de Marina Silva no Ministério do Meio Ambiente.

Irajá Lacerda, escolhido para a Secretaria Executiva, já foi chefe de gabinete de Fávaro no Senado. Lacerda concorreu a deputado federal pelo PSD em Mato Grosso nas eleições de 2022, mas não se elegeu para o posto. Ele é advogado especializado em direito agrário, fundiário e ambiental. Já presidiu a Comissão de Direito Agrário da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MT). Lacerda é filho do segundo suplente de Fávaro no Senado, José Lacerda. Ele já vinha sendo estudado para o cargo desde o anúncio de Fávaro para a pasta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ministério também informou que Wilson Gambogi Taques será chefe de gabinete de Fávaro e o deputado federal sul-mato-grossense Fábio Trad (PSD) será assessor de Participação Social e Diversidade.

Read Entire Article