Multiplan (MULT3) lucra R$ 247,2 mi no segundo trimestre de 2023, alta anual de 43,3%

9 months ago 44

A Multiplan (MULT3) registrou aumento de 43,3% no lucro líquido no segundo trimestre de 2023 em relação a igual período do ano passado, saindo de R$ 172,6 milhões para R$ 247,2 milhões.

A empresa explica que o resultado foi afetado positivamente pelo crescimento do Ebitda e “redução de 34,0% na linha de depreciação e amortização, devido ao fim da depreciação de instalações, máquinas e equipamentos em três shoppings, inaugurados em 2012”.

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de R$ 384,7 milhões, alta anual de 29,6%. Isso levou a uma elevação da margem Ebitda ajustada de 9,7 p.p. (pontos percentuais), para 49,2%.

Segundo a Multiplan, o desempenho foi impulsionado pelo crescimento de dois dígitos da receita líquida, juntamente com a redução das despesas de propriedades e de sede.

Saiba mais:

Confira o calendário de resultados do 2º trimestre de 2023 da Bolsa brasileira

Ebook Gratuito

Análise de Balanços

Cadastre-se e receba um ebook que explica o que todo investidor precisa saber sobre os resultados das empresas

O que esperar da temporada de resultados do 2º trimestre? Confira ações e setores para ficar de olho

A receita líquida somou R$ 502,3 milhões no segundo trimestre deste ano, crescimento de 15,1% na comparação com igual etapa de 2022.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No 2T23, as Vendas nas Mesmas Lojas (SSS, na sigla em inglês) cresceram 5,2% vs. 2T22, com quatro segmentos apresentando crescimento ano contra ano.

O Aluguel nas Mesmas Lojas (SSR), por sua vez, apresentou um aumento de 9,4% vs. o 2T22 e um efeito do reajuste do IGP-DI de 5,6%, indicando um crescimento real do SSR de 3,6%.

A receita operacional líquida (NOI) atingiu a cifra de R$ 419,8 milhões no segundo trimestre de 2023, um aumento de 13,8% na comparação com igual etapa de 2022. A margem NOI foi de 88,7% no 2T23, alta de 2,5 p.p. frente a margem do 2T22.

Em 30 de junho de 2023, a dívida líquida da companhia era de R$ 2 bilhões, uma diminuição de 3,3% na comparação com março de 2023.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em 1,40 vez em junho/23, queda de 0,23 vezes em relação a dezembro de 2022.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Read Entire Article