O que é um empréstimo descentralizado?

1 year ago 93

Empréstimo de criptomoedas é uma das formas mais populares de obtenção de renda passiva. A ideia é que os usuários concedam seus ativos digitais a outros usuários e recebam pagamentos de juros.

Na prática, o empréstimo é um análogo dos empréstimos convencionais, usando criptomoedas, e oferece peculiaridades diferentes.

Nesse sentido, vamos ver quais tipos de empréstimos cripto existem e quais plataformas os oferecem.

Tipos de empréstimo de criptomoeda

O setor DeFi surgiu com o desenvolvimento da tecnologia blockchain. Sendo assim, uma de suas áreas é o empréstimo de criptomoedas. Ao enviar fundos para empréstimos, os investidores podem:

  1. Negociar margem em trocas de criptomoedas;
  2. Fornecer fundos para plataformas de empréstimo de criptomoedas;
  3. Garantir liquidez para ativos específicos.

Investir em programas de empréstimo

Algumas plataformas e serviços de criptomoeda oferecem aos usuários a capacidade de realizar empréstimos com outras pessoas, atuando como um intermediário centralizado. Estas plataformas usam contratos inteligentes ou algoritmos internos para conceder empréstimos de ativos digitais a outros usuários, garantindo-lhes uma certa porcentagem de rendimento.

Entretanto, é importante lembrar que, à medida que o mercado cripto se torna cada vez mais popular, o número de projetos fraudulentos aumenta. Por isso, antes de investir em um programa de empréstimo que é anunciado como “altamente lucrativo”, os investidores devem fazer uma análise cuidadosa da plataforma selecionada, das auditorias de segurança, da equipe, das análises e dos termos e condições do programa.

Prós e Contras do Empréstimo de Criptomoedas

O empréstimo caracteriza-se pelas mesmas vantagens e desvantagens de outras aplicações em projetos DeFi. Os principais benefícios são: automação de processos, alta rentabilidade, rapidez e simplicidade no processo, flexibilidade e ampla gama de opções de investimento e a presença de uma comunidade ativa para ajudar com aconselhamentos. Por outro lado, há o risco de investir em um projeto fraudulento, a vulnerabilidade dos protocolos a ataques de hackers, problemas de tokenomics no protocolo e ataques FUD que podem afetar sua estabilidade e desempenho. Entretanto, a volatilidade dos criptoativos também deve ser considerada, pois pode ser tanto uma vantagem quanto uma desvantagem. Além disso, é importante lembrar que os projetos DeFi são sempre uma escolha de alto risco.

Plataformas de empréstimos cripto

Por fim, os empréstimos criptográficos estão disponíveis em várias plataformas de criptomoedas diferentes. Alguns desses sites incluem Nexo, Binance Empréstimos, Compound e AAVE sendo a principal descentralizada do mercado.

Dessa forma, Protocolos como Aave, Compound e Anchor permitem o empréstimo de criptomoedas. O empréstimo cripto e o setor DeFi estão se tornando cada vez mais populares por conta de seus possíveis benefícios para muitos investidores em criptomoedas, apesar dos seus riscos.

Aviso: O texto apresentado nesta coluna não reflete necessariamente a opinião do CriptoFácil.

Leia também: DOGE rumo a uma queda de 20%

Leia também: Core Scientific chega a acordo para encerrar operações de mineração da Celsius

Leia também: Criptomoedas são ‘apostas’ e devem ser reguladas como jogos de azar, diz economista do BCE

Read Entire Article