Presidente da Petrobras (PETR4) renunciou, dizem fontes

1 year ago 85
Negócios

O atual presidente da Petrobras (PETR4), Caio Mario Paes de Andrade, comunicou ao Conselho de Administração da Companhia que renunciará ao cargo, segundo fontes com conhecimento do assunto disseram à Reuters. Apurações dos jornais Folha de S. Paulo e Valor Econômico também apontam a saída do executivo, que teria enviado carta ao Conselho já no dia 30 de dezembro.

Caio Mario Paes de Andrade foi o 4º presidente da Petrobras durante o mandato de Jair Bolsonaro (PL) e estava no cargo desde junho de 2022.

Andrade sairá da presidência da companhia para ocupar o cargo na Secretaria de Gestão do governo de Tarcísio Freitas (Republicanos), em São Paulo.

Com a formalização da renúncia, o Conselho de Administração da companhia deve designar um sucessor para ocupar o cargo – que deve ser um membro da Diretoria da empresa.

Dentre os nomes cotados para assumirem a presidência estão os dos diretores João Henrique Rittershaussen, de Desenvolvimento da Produção e de Fernando Borges, diretor de Exploração e Produção.

Governo indica Prates para Petrobras

Em meio à saída de Andrade, na terça-feira (3), o Ministério de Minas e Energia (MME) enviou à estatal a indicação do senador Jean-Paul Prates (PT-RN) para presidir a companhia.

Prates já era cotado para ser presidente da Petrobras e foi anunciado para o cargo pelo presidente Lula (PT) no fim de dezembro.

A indicação de Prates para a Petrobras ainda terá que enfrentar um processo de governança interna para que o parlamentar possa assumir a presidência do Conselho de Administração da companhia.

Na equipe de transição do presidente Lula (PT), Prates coordenou a área de Petróleo, Gás e Biocombustíveis.

O Senador poderia ser barrado pela Lei das Estatais – que veta indicações políticas -, mas a normativa está sendo alterada pelo Congresso Nacional.

Com isso, a ‘quarentena política’ deve ser reduzida, dando fôlego para que Prates possa assumir a presidência da Petrobras.

Read Entire Article