Reportagem do InfoMoney é finalista do Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros

1 year ago 117

O Infomoney é um dos finalistas do “Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros”. A repórter de Finanças Giovanna Sutto concorre na categoria webjornalismo com a reportagem “Seguro de vida para sucessão pode ser 20 vezes mais caro que versão tradicional“, que aborda como o seguro de vida pode ser usado no planejamento sucessório.

O prêmio, que está em sua sexta edição, é voltado aos profissionais da imprensa. É organizado pela Escola de Negócios e Seguros (ENS) e conta com o apoio institucional da Federação Nacional dos Corretores de Seguros (Fenacor) e da Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg).

A reportagem finalista do InfoMoney integra a série especial “Vida Segura”.  Produzida pela editoria de Finanças em 2022, a série mostrou os impactos e as novas demandas da pandemia de Covid-19 sobre os seguros no Brasil.

Cinco categorias estão na disputa pelo prêmio: mídia impressa, audiovisual (incluindo Rádio e TV), webjornalismo (sites e portais), imprensa especializada do mercado e inovação — esta última (a novidade desta edição) tem foco nas reportagens desenvolvidas por empresas que agregaram tecnologias e ferramentas disruptivas ao setor.

Leia também:

Cada categoria tem cinco finalistas, que são escolhidos por uma Comissão de Seleção do prêmio. Os trabalhos finalistas serão submetidos, agora, à Comissão de Julgamento, a responsável por escolher os vencedores. O resultado será divulgado em 8 de fevereiro numa cerimônia em São Paulo, na unidade da ENS.

Foram analisados, nesta edição, 314 trabalhos (considerando todas as categorias). Serão premiadas as três melhores reportagens de cada grupo. Com um total de R$ 120 mil, a premiação foi distribuída da seguinte forma: R$ 15 mil para o primeiro colocado; R$ 6 mil para o segundo; e R$ 3 mil para o terceiro em cada categoria.

Read Entire Article