Tokens “desconhecidos” disparam até 70% em meio à expectativa de nova atualização do Ethereum

1 year ago 92

Enquanto o Bitcoin (BTC) e o Ethereum (ETH) permanecem mornos, os tokens de governança de plataformas de staking líquido estão se recuperando.

Uma plataforma de staking liquido é aquela em que o usuário “tranca” seu ativo digital em um smart contract (contrato inteligente), e recebe um token que representa o direito sobre aquele valor bloqueado.

O Lido DAO (LDO), o token de governança da organização autônoma descentralizada (DAO) Lido, saltou 19% nos últimos sete dias, atingindo US$ 1,30 nesta terça-feira (3), maior alta do mês, de acordo com o agregador Coingecko.

O token SWISE, do protocolo StakeWise, subiu mais de 70% em uma semana, enquanto o RPL, da plataforma Rocket Pool, ganhou quase 10%.

O rali dos criptoativos de plataformas de staking líquido segue o anúncio dos desenvolvedores do Ethereum (ETH) em 8 de dezembro de que o próximo hard fork (atualização) da rede ocorrerá em março. Um hard fork é uma mudança na blockchain que a torna incompatível com sua versão anterior.

A atualização, conhecida como Shanghai, incluirá um código que permite retiradas de ETH “trancados” na Beacon Chain desde dezembro de 2020, finalmente dando aos participantes um cronograma para recuperar suas criptomoedas.

A Beacon Chain é o nome da cadeia de prova de participação (proof-of-stake, ou Pos) do Ethereum que foi unida à rede principal do projeto na atualização Merge (Fusão, na tradução para o português).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Mais recentemente, os derivativos de staking líquido [tokens] tiveram uma boa tendência de alta. Isso se deve à atualização Shanghai esperada em alguns meses, que permitirá retiradas de ETH trancados”, tuitou o analista pseudônimo CroissantEth. “À medida que as retiradas são ativadas, muitos acreditam que mais usuários vão manter seus ETH (na rede)”.

Staking refere-se ao bloqueio de moedas em uma carteira de criptomoedas para dar suporte às operações de uma blockchain em troca de recompensas. O processo é semelhante ao investimento em títulos de renda fixa.

No entanto, o staking pode imobilizar os ativos por muito tempo. Os protocolos de staking líquido removem o custo de oportunidade emitindo um token derivado que representa a reivindicação das moedas bloqueadas e recompensas ganhas. Esses tokens derivados podem ser usados ​​em outro lugar para gerar rendimento adicional.

Até o momento, as unidades de ETH trancadas em protocolos de staking líquido representavam mais de 40% do total de depósitos de ETH, de acordo com dados da plataforma Dune Analytics. Isso explica a alta dos ativos antes da atualização Shanghai.

De acordo com a plataforma de inteligência cripto Messari, o Ether tem uma taxa de participação de 14%, a mais baixa entre as moedas de blockchains de camada 1 (redes principais). Portanto, há muito espaço para crescimento na taxa de participação de Ether – a quantidade de ETH travada em relação ao suprimento total da criptomoeda – e adoção de protocolos de staking líquido.

A atividade desses protocolos aumentou nas últimas semanas, conforme destacado por David Alexander, da Binance Labs. “Como os saques em ETH trancados agora têm uma data de lançamento provisória, isso levou ao aumento da atividade de staking – o maior volume mensal desde abril”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quick 🧵on the Shanghai upgrade and $ETH staking:

As withdrawals on staked $ETH now have a tentative release date, this has led to increased staking activity – the highest monthly volume since April. However, this upgrade also has many implications for staking providers ⬇️ pic.twitter.com/A8UuSuikai

— David Alexander II (@Mega_Fund) December 27, 2022

Ceticismo

Com um valor total bloqueado em US$ 5,9 bilhões, o Lido deixou para trás o MakerDAO e o Aave (AAVE) para se tornar o maior protocolo de finanças descentralizadas (DeFi) do mundo, de acordo com dados da ferramenta de análise Defi Llama. Ainda assim, alguns traders parecem céticos em relação aos ganhos duradouros do LDO.

O motivo são as taxas de financiamento profundamente negativas e os custos incorridos para manter posições long ou short nos contratos futuros perpétuos vinculados. Um contrato futuro perpétuo é aquele que não tem data de vencimento.

Uma taxa de financiamento negativa indica que a alavancagem está inclinada para baixo. Isso deixa as portas abertas para um short squeeze – rápido aumento no preço por causa de excesso de venda.

Descubra por que a queda da Bolsa representa uma rara oportunidade e veja 6 ações incrivelmente baratas para comprar hoje

Read Entire Article