Top pick para o Santander, Yduqs (YDUQ3) sobe 3,6%

1 year ago 106
Negócios
Top pick para o Santander, Yduqs (YDUQ3) sobe 3,6%Yduqs (YDUQ3). Foto: Divulgação

A Yduqs (YDUQ3) fechou o pregão desta sexta-feira (6) em alta de 3,6%, cotada a R$ 9,75. A ação foi recomendada como “top pick” no setor de educação pelos analistas do Santander.

O Santander reduziu o preço-alvo do ativo de R$ 31 para R$ 25. O novo preço representa um potencial de alta de 156% nas ações da Yduqs comparado ao fechamento desta sexta.

Na semana, o papel do grupo de tecnologia e serviços em educação tem queda de 2,99% e, nos últimos trinta dias, cai 9,22%.

Na terça-feira (3), o Santander divulgou um relatório analisando as companhias do setor de educação. Na visão dos analistas do banco, 2023 será mais um ano de desafios para essas companhias, com os ventos macroeconômicos – inflação alta, juros elevados – soprando contra.

O potencial catalisador que pode levar a uma reclassificação do setor são as possíveis mudanças no programa de financiamento do governo (FIES), que o expandiria e tornaria menos restritivo.

“Acreditamos que o ensino a distância (EAD) e premium (incluindo Medicina) continuam sendo os melhores da categoria”, destacam os analistas.

Depois da Yduqs, há preferência, respectivamente, por Cruzeiro do Sul (CSED3), Ânima (ANIM3) e Ser Educacional (SEER3), todos com recomendação de “outperform”, equivalente a “compra”.

Para Cogna, a recomendação é “neutra”, com o preço-alvo de R$ 2,50.

Na visão do Santander, a Yduqs é a “melhor da sala” pelos seguintes motivos:

  • um portfólio OC (presencial no campus) resiliente (engenharia, medicina, direito e saúde);
  • um grande negócio premium, incluindo a marca Ibmec e escolas médicas; e
  • uma das melhores plataformas de ensino a distância.

Resultados voláteis da Yduqs

A Yduqs reportou lucro líquido de R$ 16,1 milhões no terceiro trimestre de 2022, 77,8% menor que o do terceiro trimestre de 2021. Já o lucro líquido ajustado foi de R$ 67,2 milhões, 53,5% menor ano contra ano.

O Ebitda da Yduqs (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 368 milhões no período, 1,9% maior do que no terceiro trimestre de 2021, e a margem foi de 32%, estável no comparativo anual.

O Santander aponta que os resultados operacionais têm sido voláteis em função de:

  • um mercado ainda fraco no segmento OC (presencial no câmpus);
  • a diferente sazonalidade entre 2022 e 2021; e
  • a forte concorrência.

“Olhando à frente, esperamos melhores tendências e acreditamos que a Yduqs será capaz de ganhar participação de mercado e entregar expansão da margem Ebitda devido ao melhor mix”, disseram os analistas do Santander.

Read Entire Article