US$ 3,9 bilhões foram perdidos no mercado de criptomoedas em 2022

1 year ago 71

O relatório da Immunefi revelou que os hacks foram a principal causa das perdas

US$ 3,9 bilhões foram perdidos no mercado de criptomoedas em 2022

Immunefi, uma plataforma de serviços de segurança para o ecossistema Web3, publicou um relatório em 6 de janeiro revelando que a indústria de criptomoedas perdeu um total de 3,9 bilhões de dólares em 2022. 

De acordo com o relatório , os hacks foram apontados como a principal causa das perdas, respondendo por 95,6% do total, com fraudes, golpes e rug pull compreendendo os 4,4% restantes.

A Immunefi também descobriu que as finanças descentralizadas (DeFi) foi o setor mais visado, sofrendo 80,5% em perdas, em comparação com o CeFi, que sofreu uma perda de 19,5%. De acordo com o relatório:

“DeFi sofreu $ 3.180.023.103 em perdas totais em 2022, em 155 incidentes. Esse número representa um aumento de 56,2% em relação a 2021, quando o DeFi perdeu US$ 2.036.015.896, em 107 incidentes.”

BNB e Ethereum foram as redes mais visadas, com a BNB Chain ultrapassando a Ethereum para se tornar a mais visada em 2022. No quarto trimestre de 2022, a indústria sofreu perdas de aproximadamente 1,6 bilhão de dólares, com DeFi sendo o principal alvo em 57,6% e CeFi em 42,4 %.

Mitchell Amador, CEO da Immunefi compartilhou:

“Ao identificar e abordar proativamente as vulnerabilidades, podemos proteger a comunidade contra danos e criar confiança no campo. À medida que tornamos a indústria mais segura, todo o resto pode florescer.”

Relacionado : Dados macroeconômicos apontam para intensificação da dor para investidores em criptomoedas em 2023

Em 5 de janeiro, o Cointelegraph informou no boletim Finance Redefined que as explorações DeFi de dezembro foram as mais baixas em 2022, de acordo com a empresa de recompensas de bugs e monitoramento on-chain, CertiK. Parece que os hackers e exploradores de criptomoedas podem ter desacelerado para os feriados de 2022.

Em dezembro de 2022, US$ 62 milhões em fundos foram roubados de protocolos de finanças descentralizadas (DeFi). Embora esse número tenha sido menor do que nos meses anteriores, especialistas em segurança cibernética alertaram que o ecossistema não sofrerá uma diminuição de explorações, empréstimos instantâneos ou golpes de saída em 2023. 

LEIA MAIS

Read Entire Article