US$ 52 bilhões em ETH em staking protegem a rede Ethereum

10 months ago 54

De acordo com o IntoTheBlock, a rede Ethereum atualmente está sendo protegida por impressionantes US$ 52,3 bilhões em ETH depositados em staking, marcando o valor mais alto já alcançado. 

Dados recentes revelam que o valor total do contrato de depósito ETH 2.0 atingiu um ATH de 26.232.679 ETH.

A IntoTheBlock observa que, à medida que o valor do ETH usado para proteger a rede aumenta, torna-se cada vez mais desafiador para qualquer invasor em potencial obter controle sobre ela. 

O Ethereum migrou para o consenso Proof-of-Stake (PoS) durante a atualização do Merge em setembro passado. O consenso de Prova de Trabalho (PoW), utilizado no Bitcoin, foi usado pelo Ethereum durante os primeiros sete anos de sua vida. 

Como alternativa ao algoritmo principal do Bitcoin, surgiram redes blockchain que utilizam um mecanismo de consenso conhecido como Proof of Stake (PoS), também chamado de Prova de Participação.

Ao invés de investir em equipamentos e eletricidade, aqueles que querem ajudar na segurança de uma rede blockchain, investem comprando e depositando o token nativo da rede. Dessa forma, os mineradores dão lugar aos stakers (apostadores ou participantes).

O conceito é simples. Quanto mais ativos um determinado staker possui, maiores são as chances dele receber o direito de criar um novo bloco em uma rede blockchain. Se o bloco estiver em conformidade com as regras do protocolo, ele será aceito pelos demais nós.

A necessidade de gastar recursos para adicionar blocos à blockchain é fundamental, pois cria um incentivo econômico no processo para que os stakers e nós se comportem de maneira honesta. A lógica é muito semelhante à da mineração.

Leia mais: Stake – Descubra o que é e como ganhar renda passiva com cripto

Read Entire Article