Weg (WEGE3): margens têm mostrado maior resiliência, diz Goldman; ações sobem

9 months ago 70
Negócios

As ações da Weg (WEGE3) sobem nesta sexta-feira (27) no Ibovespa, com o Goldman Sachs elevando a recomendação para as ações da companhia, após a divulgação do balanço do segundo trimestre. O banco destacou margens resilientes da empresa no período, além de retornos mais elevados.

 margens têm mostrado maior resiliência, diz Goldman; ações sobem Weg (WEGE3). Foto: Reprodução.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/07/1420x240-Banner-Materias-01-3.png

Perto das 11h15, as ações ordinárias da WEGsubiam 1,02%, cotadas a R$ 40,76. No ano, os papéis sobem 9%.

Cotação WEGE3

Gráfico gerado em: 28/07/2023

1 Dia

Em relatório, analistas do Goldman Sachs pontuaram que as margens da Weg têm mostrado maior resiliência do que o esperado inicialmente. Além disso, embora as receitas da companhia tenham sido normalizadas aos níveis pré-pandêmicos no primeiro semestre, o banco acredita que elas devem desacelerar no segundo semestre deste ano, atribuindo “ao volume relevante de pré-compra de equipamentos solares feita no ano passado, em face da mudança na regulamentação”.

Contudo, o banco destaca que nos últimos trimestres, a empresa tem conseguido manter os preços, ao menos parcialmente, em um contexto de queda no custo dos insumos, gerando margens mais fortes do que o esperado.

Assim, embora espere que a empresa continue repassando sua base de custo mais baixa para os preços, o Goldman acredita que essa tendência deve acontecer lentamente ao longo de alguns trimestres.

“No Brasil, a empresa tem uma posição de mercado dominante que deve lhe conferir poder de precificação relevante e no exterior, enquanto enfrenta a concorrência em seus principais mercados, os concorrentes também parecem estar focados em manter o preço ao invés de repassar custos de commodities menores para os preços”.

O Goldman observou, também, que a empresa foi impactada positivamente pela melhora no mix de produtos em suas operações. De acordo com o banco, os produtos de geração eólica e solar têm margens menores em relação à média da empresa, mas perderam participação na base de receita da Weg nos últimos períodos, o que explica, pelo menos em parte, a melhora da margem.

O banco elevou a recomendação para as ações da Weg de “venda” para “neutro”, com preço-alvo a R$ 44,20.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/07/Image_20230704_105729_406.png

WEG: lucro salta 50% no primeiro trimestre, para R$ 1,36 bilhão

A WEG reportou lucro líquido de R$ 1,368 bilhão no segundo trimestre de 2023 (2T23), conforme divulgado pela companhia na semana passada.

Com isso, o lucro da WEG fica 49,9% superior ao reportado em igual etapa de 2022.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) da WEG no 2T23 foi de R$ 1,833 bilhão, representando alta de 46% na base anual.

margem Ebitda, por sua vez, foi de 22,4%, mostrando um avanço de 4,9 pontos percentuais (p.p.) frente a margem registrada em 2T22.

receita líquida foi de R$ 8,171 bilhões, representando alta de 13,7% na base anual.

Ainda segundo o resultado da WEG o retorno sobre o capital investido (ROIC) foi de 34,4% no trimestre, crescimento de 7,5 pontos percentuais em relação ao 2T22.

“A acomodação dos preços das principais matérias-primas que compõem nossa estrutura de custos, principalmente o aço e o cobre, em conjunto com a alteração do mix de produtos vendidos, crescente melhora no desempenho das operações no exterior e a constante busca por eficiência operacional e ganhos de produtividade foram fatores importantes para a evolução da margem bruta no trimestre”, diz a administração no balanço da WEG.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Controle-de-Investimentos.png

Read Entire Article